segunda-feira, 1 de maio de 2017

A vida é confusão


   A vida é confusão. É essa mistura louca e estranha de sentimentos e acontecimentos desastrosos. Sempre que passamos por algo ruim, ficamos perdidos na tristeza, sem saber o que fazer, sem saber pra onde ir, sem conseguir discernir mais o que é certo ou errado. Vamos afundando sem saber nadar.

   E é tudo uma merda. Todo mundo fala "é só uma fase", "isso vai passar", mas essas palavras se perdem porque não surtem nenhum efeito em nós. Não adianta. Não faz diferença. A gente não acredita. Não conseguimos enxergar uma saída porque nós mesmos nos vendamos. E uma hora a gente acostuma com a escuridão, e quando um pequeno feixe de luz invade aquilo, nós percebemos que estávamos errados, e é aí que surte o efeito. Nós conseguimos enxergar. Só não sabíamos que era possível. Estávamos muito perdidos para pensar que havia uma saída.

   Achamos. A confusão continua lá, mas pelo menos agora eu posso enxergá-la. Eu posso tentar encontrar as coisas e organizá-las novamente. Nem tudo está perdido. Eis que surge a esperança. Olhamos para trás e percebemos que a cegueira era temporária. Talvez ainda tenhamos dúvidas e inseguranças de nossas escolhas, mas tudo bem. Tudo bem. Não precisa estar perfeito e nem vai. Faz parte da vida.



   Vai ter dias que vai apertar mais, e tudo vai parecer denso e cinzento, e eu não posso (e nem vou) pedir pra você não se sentir assim. Eu sei que é ruim, é horrível, mas é necessário. "Necessário pra que? Pra vontade de eu me matar aumentar?" Não. É necessário para a sua evolução. Para que conforme o tempo passar, você saiba resistir às tempestades. Quanto mais você enfrentar, melhor será o seu desempenho na próxima. 
    Só peço pra você não desistir. Por mais lacerante que a dor seja, não desista. Com o tempo, a saída aparecerá.

    A vida é toda essa confusão, ás vezes a mais linda que você já viu, que você não quer que acabe, e em outras horas a mais monstruosa que você já conheceu, que te faz pensar apenas na morte. Então seja forte. Sei que é difícil acreditar, mas coisas boas virão. Paciência. Alguém pode "ir lá" e bagunçar novamente tudo o que você arrumou? Pode. Mas você vai  arrumar de novo. Você organizou uma vez e pode organizar de novo. Força.

    Por mais que a vida tenha suas coisas disformes, ela é boa. Ela tem coisas bonitas. E você ainda as verá. Resista. Você é importante. Quando atinge o fundo do poço, só tem um lugar para ir: pra cima. Acredite, mesmo que o seu cérebro te diga o contrário.




Nenhum comentário:

Postar um comentário